SEGUIDORES DO MURAL

domingo, 22 de abril de 2012

AS GRANDES MENTIRAS

MAIORES MENTIRAS QUE CIRCULAM PELA INTERNET

O turista do World Trade Center

Após os atentados de 11 de setembro, surgiu uma foto de um turista em cima de uma das torres gêmeas com um avião bem próximo da torre, momentos antes dos ataques terroristas. Na verdade, tratava-se de uma montagem. O avião que se chocou é um Boeing 767, e o que é mostrado na foto é um 757. Além disso, a foto mostra o avião se aproximando da torre norte, sendo que a mesma não tinha ponto de observação para turistas.

Vírus do ursinho

E-mails circularam dizendo que o aplicativo “jdbgmgr.exe”, o qual possui um ursinho como ícone, era um vírus e que deveria ser apagado imediatamente do computador. O arquivo em questão não era vírus, mas sim um componente necessário do Windows.

Microsoft Firefox

Uma montagem muito bem elaborada de um site mostrava o novo Microsoft Firefox 2007 Professional. A montagem era tão bem feita que muitos usuários acreditaram.

A cobra do McDonald’s

A estória era a seguinte: em um restaurante da rede McDonald’s em Goiânia, uma criança estava brincando em uma piscina de bolinhas. Ela reclamou várias vezes para a supervisora do brinquedo de que havia tomado choque, porém a funcionária alegava que o brinquedo não tinha nenhum tipo de ligação elétrica. Na terceira vez que a menina reclamou, desmaiou. A mesma morreu por envenenamento, e após esvaziarem a piscina de bolinhas, acharam um ninho de cobras no local. Tal fato teria, segundo a lenda urbana, provocado o fechamento de quase todos os estabelecimentos da rede na cidade.
Esta lenda urbana surgiu nos EUA. A mesma estória se repete inúmeras vezes, com algumas pequenas mudanças. Sites tomaram conhecimento do assunto, investigaram e chegaram à conclusão de que tudo não passava de mais uma farsa.

Coca-cola light + Mentos
 
Várias pessoas receberam um e-mail relatando o caso de uma pessoa que havia ingerido Coca-cola light com uma pastilha Mentos sabor hortelã e morrido. Segundo o e-mail, a junção desses produtos ocasionava uma explosão. Mais uma mentira. O especialista da USP que é citado no e-mail não existe. A Coca-cola divulgou uma nota afirmando que “(...) ao ingerir uma bebida gasosa, esta entra em contato com a comida e o máximo que pode ocorrer é uma pequena expansão do gás dentro da boca, que se dissipa rapidamente, não ocorrendo nada com intensidade semelhante ao experimento que se observa na internet.”

Leite Longa Vida
 
A mensagem dizia que o número que fica na parte inferior das embalagens de leite indica a quantidade de vezes que o leite foi retomado, repasteurizado e colocado à venda novamente. Pela lei, o leite cru não pode sofrer duas vezes tratamento térmico. Em termos econômicos, repasteurizar o leite sairia muito mais caro para as empresas. A Tetra Pak divulgou uma nota desmentindo o caso, afirmando que o número em questão é impresso no momento da produção da embalagem e refere-se ao posicionamento da bobina utilizada.

Agulhas contaminadas 

Em 1998, circularam e-mails dizendo que um indivíduo foi ao cinema, sentou-se em uma poltrona e foi espetado por uma agulha. Junto desta havia um bilhete dizendo que a pessoa acabara de contrair o vírus HIV. Segundo a Dra. Vânia Maria Bessa Ferreira, no fórum do site da Ong Viva Cazuza, "só haveria risco, ainda que teórico, se esse objeto fosse uma agulha contendo sangue contaminado. Ainda assim, a passagem da agulha pela roupa teria eliminado o sangue. Portanto, não há com o que se preocupar."

Olha a bomba! 

 

No dia primeiro de abril de 1915, em meio a 1ª Guerra mundial, um aviador francês sobrevoou um acampamento alemão e soltou algo que parecia ser uma enorme bomba. Os soldados alemães imediatamente saíram correndo do local. Após muito tempo sem nada acontecer, um alemão mais corajoso rastejou até a suposta bomba e descobriu que se tratava de uma bola de futebol com a frase: “ Mentira”

Cachorros pintados de branco

Em 1965, o  “Politiken”, um jornal de Copenhague, informou que o parlamento dinamarquês havia aprovado uma lei, exigindo que todos os cachorros fossem pintados de branco. O objetivo do estranho decreto era aumentar a segurança nas rodovias, permitindo que os cães fossem vistos com mais facilidade à noite.

A máquina de alimentos

A fama do inventor Thomas Edison era tão grande, que os americanos acreditavam não haver limites para sua genialidade. Quando em 1878 a revista “New York Graphics” anunciou que Edison inventara uma máquina capaz de transformar o solo em cereais e água em vinho, resolvendo o problema da fome mundial, quase ninguém duvidou. Os jornais de todo o país, publicaram a notícia da maravilhosa invenção, todos com grandes elogios ao inventor da lâmpada elétrica.

A desmontagem da Torre Eiffel

Em 1986 o jornal  “Parisien” chocou os franceses com a notícia que a Torre Eiffel seria desmontada e reconstruída no parque temático da Euro-Disney. No espaço da torre, um estádio seria construído para as Olimpíadas de 1992.

A tumba de Sócrates

Em 1995, o Ministério da Cultura Grego anunciou que durante a escavação para o sistema de metro de Atenas, os arqueólogos tinham descoberto o que eles acreditavam ser o túmulo de Sócrates, perto da base da Acrópole.  Um vaso contendo vestígios de cicuta (veneno usado para matar Sócrates) e um pedaço de couro datando de entre 400 e 390 AC, foram encontrados na tumba.  A agência de notícias “Agence France-Presse” imediatamente emitiu um comunicado sobre a história. O que ela não sabia, era que o Ministério Grego estava brincando, forçando a agência de notícias a emitir uma embaraçosa retratação algumas horas mais tarde

O mundo vai acabar amanhã

Em 31 de março de 1940, o “Instituto Franklin” emitiu um comunicado afirmando que o mundo acabaria na manhã seguinte. Estações de rádio espalharam a notícia causando pânico na população. As autoridades foram inundadas de telefonemas frenéticos. A calma só voltou quando William Castellini, confessou ter inventado a história, ele pretendia usá-la numa palestra para divulgar o 1° de abril intitulada: “ Como será o fim do mundo”. Logo depois, o brincalhão foi demitido do Instituto.

Televisão que transmite cheiros

 

Em 1965, a “BBC” entrevistou um professor, que afirmava ter criado uma tecnologia fantástica, que possibilitava aos expectadores, sentirem cheiros através da televisão. Para comprovar cortou cebolas e preparou café no estúdio. Muitas pessoas atestaram o êxito da experiência, o que só pode ser atribuído ao poder da sugestão. Talvez futuramente essa mentira se transforme em realidade.

A fada mumificada

 

 

No final de março de 1997, as fotos de uma criatura parecida com uma fada mumificada foram postadas no site do “Líbano Magik Circle Co”; junto com a explicação de que a criatura havia sido encontrada por um homem enquanto passeava com seu cão, por uma antiga estrada romana de Derby Shire. A notícia se espalhou rapidamente pela internet e o referido site recebeu milhares de visitantes e e-mails. Mas no final do 1° de abril, Dan Baines, o proprietário do site, confessou que a fada era uma farsa.  Ele usou suas habilidades artísticas para criar a criatura. Baines relatou mais tarde que, mesmo após sua confissão, ele continuou a receber inúmeros e-mails de pessoas que se recusaram a aceitar que a fada não era real.

 

Pinguins voadores
Uma equipe de reportagem da “BBC”, durante as filmagens de um documentário chamado: “Milagres da Evolução”, afirmou ter filmado pinguins voando, perto da Antártida. O apresentador Terry Jones explicou, que os tais pinguins voadores fugiam do inverno rigoroso do pólo sul e chegariam às florestas tropicais da América do Sul, onde passariam o inverno “sob o sol tropical”. Para dar crédito à mentira um elaborado vídeo foi montado. Isso aconteceu em 2008.



  
Plantação de espaguete

O famoso programa“BBC Panorama” anunciou em 1957, que graças a um inverno ameno e a eliminação da temida “praga do espaguete” os fazendeiros suíços tiveram uma excelente colheita de espaguetes. Foram vinculadas imagens de supostos fazendeiros colhendo espaguetes de uma milagrosa planta. A ‘BBC” recebeu inúmeros chamados de pessoas perguntando como poderiam cultivar a “árvore do espaguete”. Todos receberam uma bem humorada resposta: “Coloque um raminho de espaguete numa lata de molho de tomate e torça pelo melhor”