SEGUIDORES DO MURAL

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Cura Do Câncer

Veja a diferença da reportagem da Globo e Record





A droga vinha sendo inicialmente fornecida de graça por funcionários da USP no campus de São Carlos, mas uma portaria do Instituto de Química restringiu a distribuição. A partir daí, criou-se uma disputa judicial que culminou na liberação da substância pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Pessoas têm formado filas todas as semanas para retirar o produto gratuitamente no campus de São Carlos, contrariando a recomendação de vários oncologistas que se pronunciaram sobre o assunto.

Com o aumento da procura e a correria ao campus de São Carlos (SP), a USP (Universidade de São Paulo) resolveu enviar pelo correio a partir de agora a Fosfoetanolamina sintética, substância que muitos pacientes acreditam ser capaz de combater o câncer. Com isso, os doentes beneficiados até agora por 742 liminares terão de aguardar a fórmula em casa. A Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica pretende apelar ao STF (Supremo Tribunal Federal) para barrar a distribuição.