SEGUIDORES DO MURAL

domingo, 2 de novembro de 2014

DESABAFOS DE UM CORAÇÃO...


Temos total liberdade para fazer nossas escolhas, isso é certo, mas nem sempre pensamos bem antes de tomar uma decisão e acabamos agindo pela emoção do momento, e mais tarde vem as consequências e dai nos arrependemos...
Estes dias estava lendo sobre como nossas atitudes hoje causam consequência no futuro. E então pude perceber que uma imensa dor que se apossava de meu coração quando te via era a mais dolorosa das consequências de uma atitude errada de meu passado.
Como pude ser tola a ponto de permitir que você saísse da minha vida. Só hoje vejo que isso não ia me fazer bem, como realmente não faz. Hoje ver você e saber que já não faz mais parte da minha vida, pelo menos não do jeito que eu gostaria, me faz chorar e me dói o coração. Hoje de certa forma somos amigos, isso não me basta, mas se pra estar perto de você preciso ser sua amiga, eu me conformo. Mas tenho que reconhecer que dói muito.
Quando somos imaturos acabamos sem pensar fazendo besteiras e magoando as pessoas que mais queremos bem, pena só saber que minha atitude ia levar você para longe quando as lágrimas começaram a rolar e o peito apertar quando estou perto de você e não posso te abraçar e te beijar.
Espero que algum dia você possa me perdoar por ter te feito sofrer, e que eu tenha ao menos a chance e a coragem de te encarar e te dizer o quanto você foi e é importante em minha vida, e que apesar do meu jeito e de minhas atitudes eu amei você sinceramente.
Se algum dia você conseguir me perdoar me permita voltar a fazer parte de sua vida e te provar que meu amor é sincero e que eu posso te fazer feliz.
Muitas vezes nos agimos por impulso, emoção do momento, e acabamos nos arrependendo depois. Para isso não acontecer devemos pensar o seguinte: se eu fizer quais são as consequências que vão acontecer, vai ser melhor? Vai ser pior? Pense bem antes de tomar uma atitude para não se arrepender mais tarde, mesmo porque somos responsáveis pelo que fazemos ou deixamos de fazer. Como diz o escritor Pablo Neruda: Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das consequências.
FONTE SITE:
TEXTO COPIADO DO BLOG  PETÁLAS DE ROSA