SEGUIDORES DO MURAL

segunda-feira, 28 de julho de 2014

O Padre e a Freira

"Um padre está dirigindo para sua paróquia, quando vê na estrada uma freira conhecida sua. Ele pára e diz: - Irmã, suba que eu a levo no convento. A freira sobe, acomoda-se no banco do passageiro, cruza as pernas e o habito se abre, deixando à mostra um par coxas escultural. O padre quase não se contém, mas continua dirigindo. Numa troca de marcha, no entanto, ele acaba colocando a mão sobre a perna da freira, que lhe diz: - Padre, lembre-se do Salmo 129. O padre pede desculpas e continua dirigindo. E aquela pernoca ali, ao lado, deixando-o louco. Mais adiante, em outra troca de marcha, ele coloca a mão novamente sobre a perna da freira, que repete: - Padre, lembre-se do Salmo 129. O padre se desculpa, dizendo: - Perdoa-me, irmã, mas você sabe que a carne é fraca. Chegando ao convento, a freira desce. O padre logo chega à sua igreja e corre até a bíblia para ler o tal Salmo 129, e se depara com o que está escrito: “Segue buscando, que logo acima encontrarás a glória”.