SEGUIDORES DO MURAL

segunda-feira, 2 de julho de 2012

AS TERRÍVEIS SACOLINHAS PLÁSTICAS


Está chegando aqui em Porto Alegre a polemica das sacolinhas plásticas. Os supermercados querem acabar com as sacolinhas plásticas, com o proposito de ajudar a diminuir a poluição plástica no mundo. Também uma coisa boa, eu mesmo as vezes levo um sacolinha de casa. Mas como eu fico se eu for ao supermercado depois do meu trabalho, vou deixar de ir porque eu esqueci a sacola ecológica em casa. Claro que eu poderia comprar as minhas coisas e levar numa caixa. Mas isso facilita para quem tem um carro, mas eu que utilizo ônibus, como fico? Mas me perguntam, porque você não utiliza o supermercado próximo a sua residência? Eu não tenho um supermercado perto de
casa. Uma coisa eu tenho certeza que não são sacolinhas plásticas a culpada da destruição da natureza. Claro que elas demoram a se decompor na natureza. Mas o que fazer com as embalagem plásticas dos produtos, saquinhos que colocamos batatas, cebolas e outros produtos que consumimos, embalagem de carnes, leite em garrafas plásticas, iogurte ou vamos levar nas mãos ou caixas de papelão? As sacolinhas ecologicamente corretas deveriam ser doadas e não serem vendidas, já que querem acabar com as sacolinhas plásticas. Os grandes supermercados estariam ganhando, pois não teriam custo para fornecer sacolinhas aos seus clientes, e ainda vão desfazer dos papelões que lotam seus depósitos. Claro que os fabricantes de sacos de lixos iram lucrar mais. Quem vai sair ganhado são os mercadinhos, pois esses forneceram sacolas para não perderem seus clientes. Tem cidades que aboliram as sacolinhas, não sei se lucraram mais ou perderam alguns clientes. Sendo que somos obrigados a consumir, sendo comprar nas grandes redes de lojas. A muitas coisas atrás das terríveis sacolinhas plásticas, alguns fabricantes de sacolinhas vão perder vendas e as lojas lucram, já que não iram fornecer embalagens. Sendo também que os preços das mercadorias não vão baixar, ao contrário sempre aumentar. A população também poderia colaborar, colocando lixo no lixo e não nas ruas e nossos rios. E também não é só sacolinhas plásticas que estão poluindo, pois já vi sofás, armários, animais mortos, resíduos hospitalares, entulhos de obras e muitas outras coisas. E quem faz isso somos nós, um povo sem educação e sem se preocupar com futuros de seus filhos e netos. Vamos pensar muito bem se nós estamos fazendo as coisas corretas e se realmente as sacolinhas plásticas são as vilãs nesse caso.
Até a próxima postagem...