SEGUIDORES DO MURAL

quinta-feira, 31 de maio de 2012

NÃO TENHO PRESSA DE MORRER...


           DIA 31 DE MAIO, NA LUTA CONTRA O TABACO.
HOMEM QUE COMEÇA A FUMAR AOS 17 ANOS, EM MÉDIA FUMA 5.772 CIGARROS POR ANO. AO CHEGAR AO 71 ANOS FUMOU 311.388 CIGARROS.16% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA FUMA, SENDO QUE ENTRE AS MORTES PELO TABAGISMO 26% DOS HOMENS E 9% MULHERES.
Principais doenças causadas pelo cigarro:
- Câncer de pulmão
- Câncer de boca
- Câncer de laringe
- Câncer de estômago
- Leucemia
- Infarto do miocárdio
- Enfisema nos pulmões
- Impotência sexual
- Bronquite
- Trombose vascular
- Redução da capacidade de aprendizado e memorização (principalmente em crianças e adolescentes)
- Catarata
- Aneurisma arterial
- Rinite Alérgica
- Úlcera do aparelho digestivo
- Infecções respiratórias
- Angina
UM EX-FUMANTE LEVA DOIS ANOS PARA LIMPAR OS RESIDUOS DEIXADOS PELO CIGARRO.
 Importante: o fumante passivo (aquele que fica em ambientes fechados respirando a fumaça de cigarro) também pode desenvolver algumas das doenças acima, principalmente as respiratórias. Por isso evite fumar perto de crianças e locais fechados.

Entre as gestantes que fumam, 36% não conseguem largar o vício na gestação
Mulheres que fumam têm 40% mais chances de ter o bebê prematuro
A possibilidade de acontecer um aborto é 70% maior
No Brasil, a cada 8 fumantes, 3 são mulheres

 O brebê pode nascer já com o coração, os pulmões e o cérebro afetados e tendência a dependência química ao cigaro; Geralmente, filhos de mulheres fumantes nascem com baixo peso e altura. Há riscos de má formação do feto. 

DICAS PARA DEIXAR DE FUMAR 
Decisão e força de vontade são essenciais para quem quer largar o vício. Além disso, existem algumas dicas que podem facilitar o caminho:
  • Fixe uma data específica para parar de fumar e não volte atrás;
  • Deixe de fumar totalmente no dia marcado. Reduzir gradativamente a quantia diária de cigarros não é uma boa alternativa nem facilita largar o vício;
  • Peça à sua família e aos seus amigos que o ajudem, evitando, por exemplo, fumar perto de você. Além disso, eles podem estimulá-lo, encorajando-o;
  • Reflita sobre as atividades ou locais que a estimulam a fumar. E, se possível, evite-os;
  • Prepare um plano para enfrentar a ânsia de nicotina, irritabilidade, ansiedade e o aumento de apetite causados pela abstinência. É o seu corpo se ajustando à falta de nicotina, sinal que seu objetivo está sendo alcançado;
  • Comece a fazer exercícios físicos correspondentes ao seu preparo atual.

Se você não consegue parar de fumar sozinho, procure um médico para indicar tratamentos farmacêuticos à base de produtos que substituem a nicotina.