SEGUIDORES DO MURAL

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

DIA MUNDIAL DO CÂNCER

4 de fevereiro: Dia Mundial do Câncer 

No dia 4 de fevereiro de 2006, foi instituído o Dia Mundial do Câncer, pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC), uma organização internacional não-governamental, situada em Genebra (Suíça), com mais de 300 membros dedicados à prevenção e controle global do câncer. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que se não houver nenhuma intervenção, haverá cerca de 12 milhões de mortes por câncer até 2030 no mundo.


Desde então, a UICC tem coordenado as atividades desta data, apoiada por membros, parceiros, a Organização Mundial de Saúde, a Organização Internacional de Energia Atômica, entre outras. O objetivo é enfatizar que 40% dos cânceres podem ser prevenidos adotando um estilo de vida mais saudável, por exemplo:

- Proporcionar um ambiente livre de tabaco;
- Praticar atividades físicas;
- Manter uma dieta equilibrada;
- Evitar exposição excessiva ao sol.

“Iniciativas como esta, que buscam disseminação da informação para a prevenção primária do câncer, são muito importantes, pois muitos não sabem que os seus hábitos de vida podem interferir diretamente na saúde e evitar doenças graves como o câncer. Espero que ela tenha uma boa repercussão no Brasil”, afirma o dr. Fernando Moura, coordenado do Centro de Oncologia do Hospital viValle.

A cada ano é escolhido um tema diferente. Em 2011, o UICC definiu o tema “sol inteligente”, que procurará ensinar as crianças e adolescentes como evitar a exposição excessiva aos raios ultravioletas (UV).

“É preciso criar o hábito de evitar a exposição ao sol no horário das 10 às 16 horas, quando os raios ultravioletas são mais intensos. E, mesmo nos outros horários, é preciso usar protetor solar, além de chapéus, guarda-sol e óculos escuros. Vale lembrar que as consequências à exposição aos raios de sol, como por exemplo o câncer, são cumulativas”, explica o coordenador Centro de Oncologia do Hospital viValle
.